Pênfigo Vulgar: manifestação clínica e diagnóstico

  • TNM Roman
  • IC Zani
  • JC Bisinelli
  • JS Roque
  • MA Girotto

Resumo

Um caucasiano de 35 anos de idade, paciente do sexo masculino, natural e procedente de Curitiba-Pr, Se apresentou com queixa de dor em mucosa bucal, apresentando lesões ulceradas. Foi submetido a exame médico apresentando bolhas intra-orais e úlceras, e referindo-se a perda de peso de 25 kg em 6 meses, além disso, o paciente relatou tratamento prévio vencida com antibiótico, antifúngico e corticóide oral e intramuscular por 40 dias. Os resultados das análises de sangue estavam dentro da normalidade, bem como testes de proteína C-reativa (PCR) e antinuclear Antibody (ANA). Com base nisso, o paciente foi internado em um hospital para a nutrição parenteral.  A biópsia foi realizada nas lesões intra-orais, com resultados inconclusivos. Depois de seis meses, uma nova lesão única foi observada na região lombar, permitindo que uma segunda biopsia. O exame histopatológico revelou uma intra ulcerada - dermatite bolhosa epidérmica. Em paralelo, os testes específicos para fungos e vírus (Herpes Simples - HSV) teve resultado negativo. Considerando as evidências clínicas e histológicas, o paciente foi diagnosticado com pênfigo vulgar. Atualmente, o tratamento consiste na prednisona 100mg / dia dentro de resposta clínica positiva.

Descritores: Pênfigo; Diagnóstico; Complicações.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-05-16
Como Citar
Roman, T., Zani, I., Bisinelli, J., Roque, J., & Girotto, M. (2017). Pênfigo Vulgar: manifestação clínica e diagnóstico. ARCHIVES OF HEALTH INVESTIGATION, 5. Recuperado de https://www.archhealthinvestigation.com.br/ArcHI/article/view/2209