Análise das dificuldades dos alunos de graduação diante de procedimentos clínicos de Periodontia

  • Kamila Fabro de Lima Graduada do Curso de Odontologia do Centro Universitário da Serra Gaúcha – FS, 95020-472 Caxias do Sul – RS, Brasil
  • Douglas Ferla Graduado do Curso de Odontologia do Centro Universitário da Serra Gaúcha – FS, 95020-472 Caxias do Sul – RS, Brasil
  • Juliane Pereira Butze Doutora em Periodontia, Professora do Curso de Odontologia do Centro Universitário da Serra Gaúcha – FSG, 95020-472 Caxias do Sul – RS, Brasil
Palavras-chave: Odontologia, Ensino, Periodontia

Resumo

Objetivos: O presente estudo avaliou as principais dificuldades relatadas pelos estudantes do último ano do Curso de Odontologia do Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG) na execução de procedimentos básicos de Periodontia. Materiais e Métodos: Foi aplicado aos participantes um questionário estruturado composto por 14 questões objetivas que abordavam passos relevantes do tratamento periodontal básico. O grau de dificuldade foi avaliado através da escala Likert em 0 = nenhuma; 1 = leve; 2 = moderada; 3 = alta e 4 = muito alta. Para a análise dos dados, o grau de dificuldade foi dicotomizado em nenhuma a leve, moderada, alta e muito alta. Resultados: Participaram do estudo 46 alunos matriculados no último semestre do Curso de Odontologia do Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG). Marcar a perda de inserção (PI) foi o procedimento descrito como de dificuldade alta/muito alta pelos estudantes, seguidos de procedimentos de dificuldade moderada, tais como marcar a profundidade de sondagem (PS) e raspagem e alisamento radicular. Porém, anestesiar e diagnosticar gengivite foram os únicos procedimentos relatados por todos os acadêmicos (100%) como tendo nenhuma dificuldade. Conclusão: De acordo com os resultados obtidos no presente estudo, pode-se concluir que os procedimentos periodontais relatados como os de maiores dificuldades pelos estudantes do Curso de Odontologia do Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG) são os procedimentos de diagnóstico de periodontite e perda de inserção periodontal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Lotufo R. Roberto Lotufo: entrevista. Dental Press Perio Implant. 2007;1(4):15-24.

Saini R, Marawar PP, Shete S, Saini S. Periodontitis, a true infection. J Glob Infect Dis. 2009;1(2):149-50.

Nagle MM, Piveta ACG, Ricci WA, Montadon AFB. Dificuldades relatadas por estudantes de odontologia diante de procedimentos relacionados à periodontia. Rev ABENO. 2010;10(1):37-41.

Campos JR, Barbosa FI. Diagnóstico Periodontal: conhecimentos e atitudes de estudantes de Odontologia. Arq Odontol. 2018, 54:1-7.

Gotteher NR, Martin JL. A future for periodontal therapy. Dent Today. 2010; 29(2):154,156-57.

Dias Sobrinho J. Avaliação – política e reformas da educação superior. São Paulo: Cortez; 2003.

López NJ, Smith PC, Gutierrez J. Periodontal therapy may reduce the risk of preterm low birth weight in women with periodontal disease: a randomized controlled trial. J Periodontol. 2002; 73(8):911-24.

Cruz SS, Costa MCN, Gomes-Filho IS, Vianna MIP. Doença periodontal materna como fator associado ao Baixo Peso ao Nascer. Rev Saúde Pública. 2005;39(2).

Gomes F. Critérios para o Diagnóstico Clínico da Doença Periodontal. J Bras Clín Odontol Integr Saúde Bucal Colete. 2005;9(49):88-9.

Susin C, Dalla Vecchia CF, Oppermann RV, Haugejorden O, Albandar JM. Periodontal attachment loss in an urban population of Brazilian adults: effect of demographic, behavioral, and environmental risk indicators. J Periodontol. 2004;75(7):1033-41.

Haffajee AD, Cugini MA, Dibart SS, Kent RL, Socransky SS. The effect of SRP on the clinical and microbiological parameters of periodontal diseases. J Clin Periodontol. 1997;24:324-34.

Cugini MA, Haffajee AD, Smith C, Kent RL, Socransky SS. The effect of scaling and root planning on the clinical and microbiological parameters of periodontal diseases: 12 mounths results. J Clin Periodontol. 2000;27(1): 30-6.

Cobb CM. Clinical significance of non-surgical periodontal therapy: an evidence based perspective of scaling and root planning. J Clin Periodontol. 2002;29(Suppl¬ 2):6-16.

Carvalho LH, D’Avila GB, Leão A, Haffajee AD, Socransky SS, Feres M. Scaling and root planing, systemic metronidazole and professional plaque removal in the treatment of chronic periodontitis in a Brazilian population. II. Microbiological results. J Clin Periodontol. 2005;32(4):406-11.

Bosi SV, Feron L, Marcon J, Butze JP. Perfil dos pacientes atendidos na clínica de periodontia do Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG). Arch Health Invest. 2018;7(6):233-36.

Publicado
2021-06-03
Como Citar
Lima, K. F. de, Ferla, D., & Butze, J. P. (2021). Análise das dificuldades dos alunos de graduação diante de procedimentos clínicos de Periodontia. ARCHIVES OF HEALTH INVESTIGATION, 10(6), 956-959. https://doi.org/10.21270/archi.v10i6.5191
Seção
Original Articles